01 março 2015

MARÇO: COMEÇA HOJE UM TEMPO DE ESPERANÇA!


Pois então, o mês de março se despontou. Hoje é dia 1o. Sim 1o.de março de 2015, e com a chegada deste novo mês, tenho comigo que nasce um tempo que sinaliza novas perspectivas do ano que tem ainda 9 meses para se completar. Se contarmos março, teremos 10 meses, mas quero usar o mês de março como um tempo de recomeço. Porque isto? Por que já atravessamos 58 dias de 2015 e este tempo já deu base estrutural para avaliarmos as perdas e progressos do período e mentalizarmos uma projeção mais positiva para o tempo que falta para fechar o ano.

Para chegar em março tivemos que passar por experiência amargas nos meses de janeiro e fevereiro no tocante às finanças do Brasil que mostra nitidamente uma quebradeira geral no comércio e indústria. Ontem à noite estive por longo tempo conversando com um empresário e ele me falava que a preocupação já demarca a entrada de março com a nova medida governamental de aumento de taxas e impostos na questão folha de pagamento de funcionários. 

Em regra geral o mês de março não tem feriados, este ano porém, no dia 03 de abril, uma data bem vizinha do findar do primeiro trimestre do ano, será a chamada "sexta feira santa" ou "sexta feira da paixão", que ocorre antes do domingo de Páscoa, e é o dia que os católicos lembram da crucificação de Cristo na cruz. A Sexta-Feira Santa é um feriado móvel, assim como a Páscoa.

Nesta data, existem diversos rituais religiosos e a Igreja Católica aconselha seus fiéis a fazerem algum tipo de penitência, como jejum e a abstinência de carne, e ainda Procissão e Via Sacra. É comum que os Católicos façam promessas nesse dia, além de deixar de comer seu alimento preferido, ou até mesmo deixar de fazer coisas que gostam muito nesse dia, como penitência.

É muito curiosa a mobilidade deste feriado, por exemplo a sexta-feira santa de 2015 será em 03 de abril, a de 2016 em 25 de março, a de 2017, será em 14 de abril. O mais curioso ainda, é que toda sexta feira santa cai em uma noite de lua cheia. Já reparou nisso? Não tem algo místico nisso? Senão místico, tem o dedo do homem, tanto que o dia da Páscoa é o  primeiro domingo depois da Lua Cheia que ocorre no dia ou depois de 21 de março, no entanto, a data da Lua Cheia não é real, mas a definida nas Tabelas Eclesiásticas. A igreja católica, para obter consistência na data da Páscoa decidiu, no Conselho de Nicéia em 325 d.C., definir a Páscoa relacionada a uma Lua imaginária, conhecida como a "lua eclesiástica".

Bem e março? Retomamos o fio da meada justamente no ponto em que o mês de março é um mês que marcou fatos interessantes na história, e eu opto pelos mais antigos. Vejamos alguns deles: em 1808 - foi criado o Tesouro Nacional do Brasil; 1810 - Napoleão, Imperador da França, casa com a arquiduquesa Marie Louise da Áustria; 1931 - A União Soviética proíbe a venda de Bíblias; 1964 - Golpe Militar no Brasil; 1986 - o índio brasileiro, Raoni, tentou invadir o Palácio do Planalto em Brasília juntamente com 70 guerreiros Txukahamãe; 1991 - Entrou em vigor o Código de Defesa do Consumidor brasileiro; 2006 - Posse de Michelle Bachelet, a 1a. mulher a ocupar o cargo de presidente do Chile.

Lógico que existe uma plêiade de outros acontecimentos ocorridos  no mês de março e que este espaço seria pequeno para narrá-los, mas é sempre bom se ater a um pouco de saudosismo. Só sei que para mim março é sempre um bom tempo, com mais 5 dias e estarei completando 64 anos. E aqui entra o tempo da experiência adquirida e acima de tudo o resultado da prática da observação da Palavra que está no livro de Salmos, 90:12 " Ensina-nos a contar os nossos dias de tal maneira que alcancemos corações sábios"

Um bom março de 2015 para você, cheio de realizações e fatos marcantes, acompanhados das portentosas bençãos de Deus. É tempo de vitórias, de conquistas e retomada de sonhos. Creia, é tempo de recomeçar, deixar para trás os dias que se passaram, as dores que se foram, porque o melhor ainda está por vir, e as Sagradas Escrituras nos dá uma palavra de grande impulso:" porque deveras há um fim bom; não será malograda a tua esperança" Provérbios 23:18. Para os que fundamentam a vida na Palavra a vitória é certa.


25 fevereiro 2015

PONDO A BOCA NO PÓ, AINDA HAVERÁ ESPERANÇA.




Durante 22 anos e meio à frente de um centro de recuperação para toxicômanos, ouvi inúmeras vezes os alunos que ali estavam matriculados no programa residencial usar uma expressão interessante extraída de Lamentações 3:29 "Ponha a boca no pó; talvez assim haja esperança". Eles se referiam à coisas que pareciam impossíveis de reconquistar, e usavam a oração, o clamor, o render-se ajoelhado diante de Deus buscando esperança para as suas causas. Não sei como explicar, mas vi muita gente reencontrar a esperança. 


No final de 2013 recebi uma chamada no celular, era um pai em desespero pela prisão do filho por porte de drogas, não pouca drogas o que já justifica o angustiante pedido de socorro do pai. Passei a instruí-lo sobre os procedimentos cabíveis no caso e me dispondo a ajudá-lo primeiramente em oração e depois com orientações e apoio para tão triste caso. Houve um momento que me comovi quando aquele pai me perguntou antes de desligar: Pastor será que ainda há esperança para o meu filho? Então passei o resto do dia pensando naquela pergunta, já que existe um sem número de pessoas desesperançadas.

Tenho um texto muito interessante que nos serve para reflexão e ver a grandes possibilidades do renascimento da esperança:

”Não aparecendo nem sol nem estrelas por muitos dias, e continuando a abater-se sobre nós grande tempestade, finalmente perdemos toda a esperança de salvamento. Visto que os homens tinham passado muito tempo sem comer, Paulo levantou-se diante deles e disse: Os senhores deviam ter aceitado o meu conselho de não partir de Creta, pois assim teriam evitado este dano e prejuízo. Mas agora recomendo-lhes que tenham coragem, pois nenhum de vocês perderá a vida; apenas o navio será destruído. Pois ontem à noite apareceu-me um anjo do Deus a quem pertenço e a quem adoro, dizendo-me: “Paulo, não tenha medo. É preciso que você compareça perante César; Deus, por sua graça, deu-lhe a vida de todos os que estão navegando com você”. Assim, tenham ânimo, senhores! Creio em Deus que acontecerá do modo como me foi dito.” At 27:20-25

Recentemente descobri que existe mais de 1,5 bilhão de pessoas que se atiram nas redes sociais da internet buscando freneticamente um pedido de socorro. É um grupo muito grande de pessoas que estão à caça de companhia, ou ainda, querem exprimir a sua necessidade de encontrar alguém que possa compartilhar seus reclamos.

Estes navegadores utilizam a net como se fosse um grande consultório global, onde podem exprimir as suas crises existenciais, portanto, é muita gente que acaba por confessar que estão desesperançadas.

A maioria não acredita mais em oportunidade de uma mudança de vida porque estão tão traumatizados pelas dores e vicissitudes experimentadas no caminhar da vida. Não há para estas mentes de gente tão esquizofrenizada pelos vícios, e aqui não são só as drogas, o álcool e o cigarro, mas o vício da televisão, da pornografia, e ainda a escravidão da maquinação diuturna de maus pensamentos.

Há muito movimento religioso e também de auto ajuda tentando dar um norte para estas pessoas, mas a maioria sente uma alma esvaziada de coisas boas, com tendências suicidas e acreditam mesmo que nunca experimentarão a vitória em qualquer atividade que se propuserem a fazer.

Isto fala de uma acentuada desesperança que se abate sobre tanta gente. Estes são semelhantes com os envolvidos no naufrágio de Paulo porque perderam a esperança, e o versículo 27, pinta com grandes letras o diagnóstico desesperador de cada um daquele navio: At 27:20: “Dissipou-se toda a esperança de salvamento”. Dissipou, acabou, frustrou, malogrou se toda a esperança.

As estatísticas dizem que há mais de 1 bilhão e meio de pessoas que se utilizam dos serviços de internet em todo mundo, no entanto, a maioria revela a sua falta de esperança. É como o diagnóstico hoje do rebanho “cristão” em geral, mais da metade que tem uma vida religiosa, que freqüentam cultos, mas não tem mais esperança. Não crêem mais nos sonhos e hoje não tem nem a coragem de contar para alguém ou assumir a posição de que perdeu sua esperança.

Mas eu tenho boas novas, Jesus pode e fará para aqueles que querem a restauração da esperança, Ele ressuscitará os sonhos.

A SENSAÇÃO QUE AS PESSOAS TÊM É QUE NÃO EXISTE MAIS ESPERANÇA PARA ENCONTRAR A LIBERTAÇÃO.

Tomando o exemplo do naufrágio de Paulo, que tipo de gente seguia naquele navio? Presos. Inclusive Paulo, como está nos vss.1 e 2 do mesmo capítulo.
“Quando ficou decidido que navegaríamos para a Itália, Paulo e alguns outros presos foram entregues a um centurião chamado Júlio, que pertencia ao Regimento Imperial. Embarcamos num navio de Adramítio, que estava de partida para alguns lugares da província da Ásia, e saímos ao mar, estando conosco Aristarco, um macedônio de Tessalônica”.

Interessante, Paulo não está indo de primeira classe, está sendo conduzido à Roma como preso. De repente, o navio se destroça e de imediato a intenção dos soldados era que todos presos fossem mortos, para que nenhum deles pudesse empreender fuga nadando. At 27.42 Os soldados resolveram matar os presos para impedir que algum deles fugisse, jogando-se ao mar.

Que situação, o navio vai a pique, e a chance de fugir seria coibida pelas espadas dos soldados, isto significava que nem mesmo o naufrágio criava a possibilidade de serem livres, aí perdeu se toda a esperança completamente.

Atualmente há uma multidão incontável que já não tem mais esperança, aliás, vivem sem esperança, sem um sonho, sem um projeto de vida, são reféns da prisão chamada drogas, estão ainda acorrentados na escravidão do pecado, não conseguem tirar nem dos lábios a enfermidade, antes só confessam destruição, à primeira dor de estomago já imaginam como dizem eles: ai é úlcera, câncer, ai eu estou com as dez pragas do Egito. Gente que não acredita mais na esperança.

E nós que temos a esperança viva em nós, o que temos feito, chegamos à igreja e dizemos: tem pouca gente hem? Mas o que temos feito para mudar o quadro. Quanto tempo semanal temos tirado para levar a esperança aos desesperançados? Andamos com um folheto de evangelização na mão? Oramos quanto pelos perdidos? A nossa atitude de crente está gerando expectativa no incrédulo de conhecer a esperança? Qual foi a ultima vez que falamos de Jesus para alguém? A ocupação nossa com o que é secular tem tirado a oportunidade de levar algum desesperançado retomar a esperança em Jesus.

OS FATOS ACONTECIDOS ACABAM POR GERAR UMA FALTA DE ESPERANÇA NO LIVRAMENTO.


O vs 37 diz que havia naquele navio 276 pessoas. Estavam a bordo duzentas e setenta e seis pessoas.
Já assistiu a cena de alguém no meio de uma tempestade, o desespero é grande, imagine 276 pessoas que experimentaram a fúria do Euro-Aquilão, um tufão de grande proporção que se abateu sobre o navio e isto gerou naquelas vidas a perda da esperança. Pelas circunstâncias não tinha como eles verem uma saída para escaparem com vida. O parecer geral era que nunca se livrariam daquele drama.

Estavam tão sobressaltados com o ocorrido, com a ansiedade que segundo Atos 27:33-36 a falta de esperança de um livramento, isto é de sair com vida daquela situação, que por 14 dias nem comer queriam aqueles homens. Pouco antes do amanhecer, Paulo insistia que todos se alimentassem, dizendo: Hoje faz catorze dias que vocês têm estado em vigília constante, sem nada comer. Agora eu os aconselho a comerem algo, pois só assim poderão sobreviver. Nenhum de vocês perderá um fio de cabelo sequer. Todos se reanimaram e também comeram algo.

E então Paulo cheio do Espírito Santo tomou pão e deu graças a Deus diante de todos e começou a comer. Um ato  restaurador dos animos para crerem que o livramento estava chegando. E atitude dele foi simples, partiu um pão e Deus graças na presença de todos.

Quantas vezes perdemos oportunidade de quando estamos com colegas da escola, da faculdade e do trabalho e nos assentamos a comer e esquecemos-nos de dar graças pelo que temos a mão para comer. Isto revela falta de fé, falta de testemunho, e a pessoas só recobram a esperança quando vêem alguém do grupo externar a fé e confiança no Senhor. Quando assim agimos exteriorizamos a certeza do livramento, pois Deus é quem cuida de nós.


PIOR QUE NÃO TER ESPERANÇA DE LIBERTAÇÃO, PIOR DO QUE PERDER A ESPERANÇA DO LIVRAMENTO E SER SALVOS COM VIDA É PERDER A ESPERANÇA DA SALVAÇÃO.

Então praticamente tudo estava perdido, mas dentre aqueles homens havia um temente a Deus, e quando ninguém mais cria, porque diz o texto no VS. 20 que a esperança se dissipara. Para aqueles náufragos não havia outra confissão. Já era. Mas Paulo temente a Deus e conhecedor do que Jesus é capaz de fazer traz uma declaração que abre a porta para que a esperança volte àqueles varões.

Em Atos 27:23 e 24 está a declaração: "Pois ontem à noite apareceu-me um anjo do Deus a quem pertenço e a quem adoro, dizendo-me: Pois ontem à noite apareceu-me um anjo do Deus a quem pertenço e a quem adoro, dizendo-me:Paulo, não tenha medo. É preciso que você compareça perante César."  Pense nisto, Deus, por sua graça, deu-lhe a vida de todos os que estão navegando com você até aqui.

Uma pergunta se faz necessário: QUEM É O SEU DEUS? QUAL É O DEUS A QUEM VOCÊ SERVE?

Não é difícil dizer que quem serve a Jesus é propriedade dele, mas o que realmente temos feito por Jesus, pela sua causa? Porque a sua vida não é entregue totalmente a Jesus? Parece que Jesus esta inscrito no programa “Sua alma, minha vida” e está pulando miúdo para conseguir todos os requisitos para possuí-la. Por quê? Porque loteamos o nosso coração. Um quarto para isto, outro pedaço para aquilo e Jesus passa habitar em comodozinho do fundo, no meio de tanta bagunça. No meio de tanta porcaria que injetamos pelas principais portas de entrada do nosso corpo, mais acentuadamente os olhos e ouvidos.

Creio que você não experimentou um naufrágio, mas com certezas já teve dias obscuros onde parecia mesmo que o sol não havia brilhado. De igual forma noites infindáveis de intensas trevas atravessamos sem experimentar nem sequer o brilho de uma estrela só. Quantas também não foram as tempestades que nos sobreveio, entretanto nós temos tido a felicidade de termos a esperança fundamentada, e se para você parece não haver mais esperança, nós queremos orar por você para que Cristo seja sua eterna esperança. Envie um email para pastorvanelli@gmail.com e estarei orando pela restauração da sua esperança e seus sonhos.



19 fevereiro 2015

ATÉ BREVE ALOÍSIO!







Desde menino me acostumei a ouvir uma expressão muito comum: " A primeira impressão é a que fica", lembro me até de uma propaganda de um perfume que a ideia era vendida em cima dessa premissa, aliás, alguns deles até cheguei a usar porque o argumento publicitário era forte, do tipo:"todo mundo gosta de andar bem arrumado e perfumado, afinal, a primeira impressão é a que fica, e para arrematar vinha um sedutor complemento - um cheiro marcante muda a forma como enxergamos uma pessoa".Depois de crescido descobri a linha dos que pensavam que " a última impressão é a que fica". Sem dúvidas existem realmente situações que as últimas impressões deixam profundas marcas e acentuadas lembranças.

Em ambos os casos as situações se adequam ao ponto de vista de cada um envolvido, mas quando deparamos por exemplo com uma perda de alguém que amamos tanto, que creio que o melhor termo a ser aplicadda é " as melhores impressões é que ficam",

Hoje, 19 de fevereiro, perdi alguém muito especial, que o conhecia desde 1985, ALOÍSIO MARCOS SOUZA OLIVEIRA, meu grande escudeiro mor nos idos de 1990 a 2002. Aloísio foi o amigo mais chegado que um irmão, o filho fiel, e a ovelha que comia avidamente pelos ouvidos. De fácil aprendizagem, Aloísio guardava um numero sem fim de textos bíblicos e ministrava suas aulas na nossa escola de reeducação social com maestria. Dono de um amor fora do comum pela almas, se embrenhava nos reclamos de cada aluno, sofrendo e chorando por eles, o que lhe custou o apelido de irmão Jeremias.

Na virada de 2003, Aloísio Marcos começou a enfrentar grandes percalços da vida e então deixou se seduzir pelo esmagar dos gigantescos problemas do viver diário. Mesmo assim, quando eu o abordava, sempre esta solícito para nossas conversas e trocas de idéias. Nos últimos dois anos era comum encontrá-lo sempre na Avenida Dom Pedro I, na Vila Paraíso. Me abraçava, chorava por minutos em meu ombro, me chamava de Z.A.(uma alusão aos meus olhos) e mostrava me sempre seu embornal com uma velha bíblia, cheia de anotações, um caderno com anotações pessoais, vestígios do seu período de ouro como um brilhante amigo e conselheiro de todos os que pelo Centro de Recuperação passaram.

Hoje, para minha tristeza Aloísio foi encontrado morto no Jardim Igaçaba, segundo informações colhidas nas redes sociais não encontrei até agora 21h40 uma explicação plausível do que houve, como aconteceu e quando aconteceu. Mas mesmo que soubesse todas estas questões, elas não trariam de volta o querido amigo ALOÍSIO MARCOS.

Aloísio, nem primeiras e nem últimas impressões. Ficará em minha mente sempre, grande amigo e companheiro de tantas horas difíceis, as suas MELHORES IMPRESSÕES. Não vou te dizer adeus, estou esperançoso, por isso, ATÉ BREVE.

17 fevereiro 2015

MENDIGO ENTRA EM IGREJA E DÁ O SEU MELHOR PRA DEUS





Um mendigo entrando em uma igreja não é sempre visto com bons olhos, antes, a primeira coisa que vem à cabeça de quem está à frente do trabalho da igreja é a ideia de que é mais um para pedir, para conseguir uma passagem para algum canto, um dinheiro para comprar uma marmita, que na maioria das vezes toma outro destino.

Confesso que em 38 anos de ministério pastoral vi dezenas de mendigos entrarem quase que sempre no meio do culto, tomarem assento e até alguns que ficaram até o final da palavra. Estas pobres vidas acabavam por me deixar numa situação bastante complicada, porque sempre qualquer investimento feito, no outro dia era motivo de arrependimento, pois na maioria das vezes eu me deparava com quem ajudei no dia anterior todo embriagado, caído na sarjeta ou ainda esmolando mais juntos às pessoas.

Como ex-diretor de uma casa de reeducação social (não gosto do termo “recuperação de viciados”) que acolheu mais de 2000 vidas totalmente de caráter gratuito no período de 1988 a 2011, abri “n” oportunidades para estes que perambulam de cidade em cidade, que contam as suas necessidades e que carecem de uma retomada de oportunidade na vida. Alguns foram objetos de verdadeiros milagres e acabaram por acertar o rumo do caminho da nova vida, outros não suportaram nem a “provação de 10 dias” e já se atiraram outra vez na lama da vida sem Deus, como a porquinha que volta ao espojadouro.(II Pe 2:22b)

A maioria dos mendigos que entra em uma igreja o faz para buscar algum benefício, e é lógico que diversos deles que ajudei no tempo que exerci o pastorado, se tornaram verdadeiras flanelas que poliram a minha coroa. Deram muito trabalho, mas acabaram por acertaram o passo da vida, retomaram a família e se tornaram um cidadãos úteis a si mesmos, à família e à Pátria, mas repito, a maioria traz consigo “ um conversa decorada “ para pedir, pedir e pedir algo e vivem em torno de um só exercício: o de estender a mão e pronunciar uma só frase por todo o tempo: “ me dá”!

Então é até natural que a gente se precaver quando surge um mendigo, quer seja na porta de casa, na rua, e até mesmo na porta da igreja. Mas, como toda regra tem sua exceção, aconteceu recentemente em uma igreja evangélica, um mendigo adentrou a nave do templo, e quando o oficial de serviço foi atendê-lo já próximo ao altar e foi surpreendido. O mendigo não foi pedir nada do que os homens podem dar, o mendigo foi e ofereceu ao Senhor um cântico. Simples, sem instrumentos (na internet já fizeram até arranjo musical, não custa nada mesmo), ele se aproximou e rasgou sua alma naquela casa de Deus.

Aqui não cabe nenhum julgamento sobre o que ele é ou foi. Muitos estão falando em “um diamante” a ser trabalhado, outros que este homem já foi “levita” (nomenclatura moderna para quem canta em igreja) e encontrava-se desviado, longe dos caminhos de Deus já trilhado. Tenho a convicção que em nenhuma das hipóteses levantadas a atitude do mendigo pode ser julgada. Para Deus não importa o estado do que se aproxima do altar, estamos na nova aliança, e então onde abundou o pecado, superabundou a graça. (Rm 5:20b)

Que preciosa esta atitude entremeio a tantas pessoas que entram às igrejas vazias e saem vazias, que não perdem seus cultos por nada, mas nada podem oferecer ao Senhor, que lindo ver este mendigo que entrou em uma igreja evangélica, não sei qual delas, e ali ofereceu ao Senhor  tudo o que ele tinha: “ a sua voz, não como arte ou habilidade, mas como uma oferta de amor à Deus”. Talvez vendo este vídeo muitos poderão se despojar de suas “performances” artísticas e também rasgarem o coração diante de Deus, dando o que nasça da alma, e não o que tem por dom natural.

Veja e ouça o vídeo, ore e pondere sobre.


14 fevereiro 2015

COLÉGIO CRISTÃO FAVO DE MEL : ANO 10






Hoje dia 14 de fevereiro, o Colégio Cristão Favo de Mel, um dos departamentos da Missão Paz e Vida de Mogi Guaçu, completa 10 anos de um intenso trabalho na área de Educação por Princípios. Princípios cristãos, diga se de passagem, porque o próprio nome já assim define: "Colégio Cristão". Que vitória, que benção completar toda esta existência de uma luta pujante, ininterrupta e coroada de sucesso. 

Criado 14 de fevereiro 2005,  o Colégio Cristão Favo de Mel inciou suas atividades na Rua Lisboa, no Jardim Primavera, nas imediações da Missão Paz e Vida, valendo ressaltar que esta ESCOLA surgiu graças à visão do Senhor dado à Pastora Lídia na cidade de Goiânia em uma Conferencia Profética, o que de imediato a liderança da Igreja deu total e irrestrito apoio, e o trabalho dinâmico e incessante desta Pastora que não parou até que pusesse para funcionar a Escola.

O que é EDUCAÇÃO POR PRINCÍPIOS?

A Educação por Princípios é uma maneira de ensinar e aprender que coloca a Palavra de Deus no coração de cada matéria e ensina o aluno como pensar e aprender.

É um método de educação que libera o potencial do indivíduo, forma o caráter cristão, constrói uma erudição baseada numa cosmovisão cristã e habilita líderes servidores.

Principais diferenciais:
  • O processo de ensino e aprendizagem envolve: pesquisa, raciocínio, relacionamento, registro/ aplicação;
  • Caderno de Anotações como instrumento para registro e domínio da aprendizagem pessoal;
  • Abordagem tutorial que identifica o estilo de aprendizagem de cada aluno;
  • Princípios de caráter cristão permeiam todo o processo de ensino e aprendizagem;
  • Perspectiva providencial da História;
  • Participação integrada da família.

Entendemos educação em seu sentido amplo como o processo de transmitir à próxima geração conhecimento e valores que a capacitem a uma participação construtiva na sociedade. Educar uma criança é trabalhar em um projeto de vida, o que compete primordialmente aos pais, como responsáveis diretos pelos resultados.

Conforme apresentada por Rosalie J. Slater (The Principle Approach - F.A.C.E. - Fundation for American Christian Education, EUA), que definiu e estruturou essa abordagem, Educação por Princípios é "um método cristão histórico de raciocínio bíblico, que faz das verdades da Palavra de Deus a base de cada assunto no currículo escolar".

Baseia-se na aplicação de quatro passos: Pesquisar, Raciocinar, Relacionar e Registrar, para promover o raciocínio com padrões cristãos e a expansão do entendimento".

O sistema educacional baseado na Educação por Princípios integraliza filosofia (o porquê), currículo (o quê) e metodologia (o como) cristãs:Estruturação da Educação por Princípios.pdf

UMA PÁTRIA CRISTÃ NÃO SE CONSTRÓI COM CRISTÃOS NO PODER, MAS COM GERAÇÕES ORIUNDAS DE UMA EDUCAÇÃO POR PRINCÍPIOS

Fundamento essencial para uma nação cristã


Se queremos construir uma nação cristã livre precisamos estabelecer fundamentos bíblicos para a Educação, Governo, Economia e Política.


O princípio de semeadura e colheita se aplica para implantarmos a Verdade de Deus nas nações. É num processo gradual, através da Educação Cristã, que as sementes são plantadas e cuidadas, para produzir frutos em todos os aspectos da vida: pessoal, social, político e econômico.


Esta tarefa envolve família, igreja e escola cristã comprometidas na educação de uma geração que esteja preparada e habilitada para aplicar princípios bíblicos em todas as áreas da vida.Vivemos um momento no Brasil em que a educação é reconhecida como prioridade nacional.

hino 2010.1

hino 2010.1
Neste contexto, a educação é uma questão estratégica tanto no estabelecimento do Reino de Deus, quanto no desenvolvimento de nossa nação. É nosso dever como cristãos oferecer a esta geração e às próximas, uma educação escolar de qualidade, fundamentada em princípios bíblicos, preparando-os para cumprir o propósito de Deus e exercer responsavelmente suas vocações na sociedade.( ** )

Vejamos agora parte das fotos que contam a história destes 10 anos de atividades do Colégio Cristão "Favo de Mel " que funciona em Mogi Guaçu, à Rua Geraldo Tito Mota,45-telefone 19-3831-5738, sob a Liderança da Pastora Lidia Madureira Toledo, também Pastora e fundadora da Missão Paz e Vida.



2005
1ª formatura
arca de Noé no parque
arte no muro
berçário 2005 1
construção do parque
Favo de Mel 001
infantil 2005 2
infantil 2005 plantando árvore no terreno do prédio atual
infantil 2005
maternal 2005
muro rua Lisboa
painel parque
parque dos jequitibas - colegio 032
páscoa
páscoa 2
parque pronto
pré escola 2005
reciclando papel 1
reciclando papel 2
reciclando papel 3
reciclando papel
reunião professoras
Roberto Rinaldi 2004 - Simpósio E.P.
visita zooparque 2005
Workshop
Worshop - Guga e Cida Mattar
worshop 2005 - equipe
workshop
zooparque 2005



2006
1° ano 2006 - início do ensino fundamental
1° ano 2006 (2)
1° ano 2006 (3)
1° ano no mercado
aula música
berçário
culinária maternal
dia da árvore
dia das mães.1
dia das mães
formatura 7.12.2006 092
formatura 7.12.2006 110
formatura 7.12.2006 115
formatura 7.12.2006 117
Infantil mãozinhas de terra 2
infantil


Jardim vai ao mercado
maternal plantando
sesi
sind metal. 1
sind. metal


2007
2ª s. 2007 - apredendo com os mais velhos
2ª s. no tratamento de água 2 2007
2ª s. no tratamento de água 2007
2ª série 2007 Museu M. Guaçu
2007
ação de graças 2007
aprendendo com a bíblia - 1° ano 2007
berçário 2007 (2)
culinária 1° ano 2007
culinária 2007.2
dia do soldado 2007
Encontro de Educadores 024
Encontro de Educadores 035
Encontro de Educadores 043
festa das mães 2007
formatura pré 2007 (2)
hora do hino nac.2007
jd 1 2007 .2
jd. 1 2007 - noite do pijama
jd. 1 2007 no parque
jd. 1 2007.3
jd. 1 2007
jd. 2 2007
páscoa 2007 .1
páscoa 2007
passeio poços 2007
poços 2007 (2)
Poços 2007
pré 2007(2)
pré 2007
semana do trânsito 2007
SESI 2007
workshop
worshop 2007.1


2008
1° ano 2008.1
1° ano 2008
2° ano 2008 - museu da bíblia
2° ano 2008 (2)
2° ano 2008(1)
2° ano 2008
3ª série 2008 (2)
3ª série 2008 (3)
3ª série 2008
146 Bela vista do Museu
2008
ação de graças 2008
berçário2008 2
berçário2008 na expoflora
berçário2008 no parque
dia do indio 2008
doações para Angola 2008
Entrada no Museu da bíblia
formatura pré 2008.1
formatura pré 2008
hino 2008
horto Moji Mirim
horto Moji Mirim 2008
horto
Jd. 1 2008 no parque
jd. 2 2008
jd. 2 no parque 2008
M. Bíblia fragrâncias
maternal 2008.1
maternal 2008
Museu da Bíblia
bike in favo
passeio trenzinho 2008
pré 2008 (2)
pré 2008.2


2009
1° ano 2009-museu m.guaçu
1° ano colhendo acerola no colégio
berçário
c.c. metal. 2009
dia das mães
dia do índio 2009 (2)
dia do índio 2009
Dia do Professor
encontro de educadores 2009 Pr. Roberto Mattos
escola de pais 2009
hino 2009
horta 2009
Jd. 1
jd. 2 2009 (2)
jd. 2 2009.2
jd. 2 2009
maternal 2009
museu do ipiranga 2009.3
museu ipiranga 2009.2
museu ipiranga 2009
ônibus pr. mauro 2009
oração pelas crianças do mundo 2009
oração por crianças do mundo 2009.1
páscoa 2009.1
páscoa2009
paulinia (2)
paulinia 3
paulinia
pré
workshop 2009.2
worshop2009.3


2010
1° ano
1o.ano 2010
2° ano. 1
2° ano
3° ano
4º ano - 2010
5 anos do colégio
5ª série 2010 - 3
5ª série aula de música
aniv. vô joão 2010 1
berçário
culinária 2010
curso apec 2010 A.D.
dia dos pais 1
dia dos pais



hino 2010
jd 1
maternal
pic nic jd. 1
pré 2010
pré no rancho nativo
rancho - prof. sueli
rancho nativo despedida do monitor
rancho nativo limeira
reforço 2º ano 1



2011

5° ano - dia da árvore
casinha feliz 2011.2
dia da árvore - Intl. paper 1
dia da árvore - Intl. paper
gincana c. esportivo 2011
hino 2011
pe. eco. americana 2011.4
pq ecológico ameriacana 2011
pq. eco. americana 2011.3
Pq. ecologico americana 2011.2
Pq. ecológico americana 2011.3
Pq. ecológico americana.2011.1
prof. helena
Sesi 2011.1
sesi 2011.2
teatro 3° ano
voluntários 2011
zooparque2011



ALGUMAS FOTOS DESTE INÍCIO DE 2015 - ANO 10 DO C.C.FAVO DE MEL
















COLÉGIO CRISTÃO FAVO DE MEL É AFILIADO À AECEP



CONFIRA MAIS FOTOS EM: (é só clicar no link abaixo)

C.C FAVO DE MEL - Ano 10 - " GALERIA GERAL"